Topo R. Garcia

  Início  |   Empresa  |   Resultados  |   Informações de Exames  |   Dúvidas de Exames  |   Notícias  |   Fale Conosco

Notícias

Cientistas transformam células-tronco de gordura em células musculares.

Descoberta pode auxiliar tratamento da distrofia muscular.
Gordura é um material rico em células-tronco adultas.

Cientistas da Universidade de São Paulo (USP) fizeram novas descobertas sobre o poder das células-tronco. Testes em laboratório tiveram resultados surpreendentes em relação à distrofia muscular.

A matéria-prima da descoberta veio daqueles pneuzinhos indesejados e eliminados com lipoaspiração em clínicas de cirurgia plástica. A gordura posta de lado virou material de pesquisa nas mãos de cientistas. Material rico em células-tronco adultas, que têm a função de fazer pequenos reparos em determinadas partes do corpo. Elas são capazes de se transformar em células ósseas, de cartilagens e também em células musculares. Mas o mecanismo que dispara a ordem de transformação destas células dentro do corpo ainda é desconhecido.

Depois de quase um ano de tentativas, os cientistas conseguiram transformar as células-tronco da gordura em células musculares humanas no corpo dos camundongos. E junto com elas, veio também um resultado impressionante.

Os camundongos tinham distrofia muscular, uma doença genética grave que afeta a força dos músculos aos poucos e que ainda não tem cura. Um camundongo que não recebeu células-tronco, por causa da distrofia muscular, não conseguia se segurar no arame e caía.

Já o camundongo que recebeu as células-tronco de gordura se agarra com firmeza ao arame. As células de gordura viraram músculos que funcionam.

Para a coordenadora da pesquisa, Mayana Zatz, a descoberta é um passo importante na direção do tratamento da distrofia muscular. “A chave é a gente descobrir e poder controlar totalmente esse processo. Só aí é que a gente vai ficar seguro de injetar. Eu acho que se essas experiências que estamos testando agora derem certo, a gente pode pensar talvez em dois ou três anos começar ensaios clínicos em pessoas”, acredita Zatz.

Fonte: Globo.com

Voltar

Fale Conosco

(84)3211-7997

Horário de Atendimento
Segunda à Sexta:
07:00 às 12:00 horas
14:00 às 17:00 horas

barraContatos:
|84| 3211-7997
rgarcia@resultadosonline.com.br
barraRua Joaquim Fagundes, 700
Tirol - CEP: 59020-435
Natal-RN
Powered by JALIS
Criação e Desenvolvimento por:
Thread Sistemas & Odara Internet